Piano Suzuki

O curso de Piano do Centro Suzuki de Brasília é estruturado por uma aula individual na semana e alguns encontros coletivos durante o semestre. Esses encontros coletivos acontecem aos sábados no período da tarde.

Temos um material de repertório específico e podemos dizer que o brilho do método é que toda técnica é disfarçada nestas seleções musicais que são encantadoras, atraentes e interessantes para crianças e suas famílias. Muito da motivação para o aprendizado vem do desejo de aprender novas peças do repertório.

O quanto antes inicia as aulas mais claramente deve existir o auxílio de um pai, como assistente do professor para ajudar e orientar a criança na prática em casa. Esta forte parceria de pai, professor e criança é referida como o triângulo Suzuki. Quando uma criança aprende a falar, os pais são envolvidos no processo com seu filho. No método Suzuki, pais assistem as aulas com a criança e são como "professores em casa" durante a semana.

Não é necessário que o pai tenha conhecimento musical, no entanto,  o professor irá garantir que os pais compreendam todos os conceitos técnicos e musicais a ser aprendido pelos alunos.

Pais trabalham com a professora para criar um ambiente de aprendizagem agradável.

 

O método é baseado sobre a abordagem da língua materna para a aprendizagem, com isso temos a utilização de gravações de referência e que é essencial para o progresso de todos os alunos.

 

Uma das mais importantes técnicas empregadas pelos professores Suzuki é o de aprender a tocar o instrumento de ouvido. Essa abordagem permite 

que o filho e o pai se concentrem em como eles estão tocando em vez do que eles estão tocando. Em outras palavras, o objetivo de um estudante Suzuki é o quanto bem você pode fazer algo.

 

Aulas em grupo

São projetadas para permitir que as crianças a compartilhar suas músicas com outros, enquanto reforça habilidades importantes que aprendeu na aula particular. Outra função da experiência do grupo é para aprender a togar juntos.

Os benefícios sociais de aulas em grupo são uma tremenda ajuda na motivação para praticar em casa. Como voltamos à ideia de aprendizagem com a aproximação da língua materna, lembre-se que uma criança não descarta as primeiras palavras que aprende, mas continua a usá-los mais e mais como novas palavras são adicionadas ao vocabulário.

Alunos de Suzuki mantenham as peças originais aprendidas em seu repertório e por isso as revisa diariamente para aperfeiçoar essas habilidades, que são usadas de novo nas peças posteriores.

1/3