Toda Criança é Capaz

 

A filosofia de ensino é o que diferencia o Método Suzuki de outras formas de educação, especificamente, outros métodos de ensino de música.

A mensagem mais importante é simplesmente essa: todas as crianças têm talento! 

Suzuki baseou sua abordagem na crença de que "a habilidade musical não é um talento nato, mas uma habilidade que pode ser desenvolvida. Qualquer criança que esteja devidamente treinada pode desenvolver a capacidade musical, assim como todas as crianças podem desenvolver a capacidade de falar a sua língua materna. O potencial de cada criança é ilimitado. "

O método foi desenvolvido pelo violinista japonês Shinichi Suzuki que, partindo da observação que todas as crianças falam seu idioma nativo com facilidade, transpôs as características desse processo de aprendizado para o ensino de música, chamando seu método de “Abordagem da Língua Materna”.

O objetivo do Dr. Suzuki e do Centro Suzuki de Brasília não é desenvolver músicos profissionais, mas sim nutrir os seres humanos com amor e ajudar a desenvolver o caráter de cada criança, através do estudo da música.  

 

        Seguem algumas características:

  • Envolvimento dos pais

Os pais acompanham todas as aulas, fazendo-se conscientes dos passos e processos do aprendizado. Assim, se preparam para realizar o treino diário em casa com sua criança, transformando-se no professor assistente, o “professor de casa”.  Muitas vezes acontece de um dos pais aprender a tocar antes que a criança, para que ele/ela entenda o que se espera que a criança faça. Os pais trabalham com o professor para criar um ambiente de aprendizagem agradável.

  • Começar cedo

Começar cedo é crucial para o desenvolvimento dos processos mentais e de coordenação muscular. A audição musical deve começar já no nascimento. O aprendizado formal pode começar aos três ou quatro anos, mas nunca é muito tarde para começar.

  • Escutar

As crianças aprendem as palavras após terem ouvido elas serem faladas centenas de vezes pelos outros. Ouvir música todos os dias é muito importante, especialmente as músicas contidas no repertório Suzuki. Dessa formas as crianças as reconhecerão imediatamente.

  • Repetição

Repetição constante é essencial no aprendizado de um instrumento. As crianças não aprendem uma palavra ou música e depois a descartam. Eles adicionam ao seu vocabulário ou repertório, gradualmente usando-a de uma maneira nova ou mais sofisticada.

  • Encorajamento

Igual a linguagem, os esforços da criança para aprender um instrumento devem ser acompanhados com elogios e incentivos sinceros. Cada criança aprende a sua própria velocidade, sendo agregado passos pequenos para que sejam, um a um, dominados. As crianças também são encorajadas a apoiar os esforços de seus companheiros para fomentar uma atitude de generosidade e cooperação.

  • Aprendem com outras crianças

Além de aulas particulares, as crianças participam regularmente de aulas em grupo e apresentações onde aprendem e são motivadas umas pelas outras.

  • Repertório graduado

As crianças não praticam exercícios para aprender a falar, mas usam a linguagem para a sua finalidade natural de comunicação e auto-expressão. Peças do repertório Suzuki são projetadas para apresentar problemas técnicos a serem aprendidas no contexto da música, em vez de exercícios técnicos secos.

  • Adiamento da leitura

As crianças aprendem a ler após a sua capacidade de falar ter sido bem estabelecida. Da mesma forma, as crianças devem desenvolver competência técnica básica em seus instrumentos antes de serem ensinadas a ler música

      Site de Interesse