Ao nascer, o bebê possui o potencial para alcançar um alto nível de desenvolvimento intelectual, pois em seu cérebro existem trilhões de neurônios prontos para se conectarem. A partir dessas conexões nasce a inteligência. Segundo a Teoria das inteligências múltiplas, de Howard Gardner, existem oito tipos de inteligências que juntas colaboram na formação da personalidade influenciando os pontos fortes e fracos de cada um. A partir desta afirmativa podemos entender que algumas pessoas podem ter maior facilidade em determinadas ações do que outras. Nossa proposta na Estimulação Musical é trabalhar essas oito inteligências ainda no tenro período onde o cérebro desse pequenino indivíduo, o nosso Doce Bebê, começa a executar essas conexões e desta forma começa a trabalhar todas as inteligências e desenvolvê-las de igual modo. 

Caso essas conexões não se estabeleçam, os neurônios se perdem para sempre, ou seja, os primeiros anos de vida são irreversíveis para ganhos e perdas. Daí a enorme importância de se estimular o bebê nos primeiros anos de vida, quanto mais novo é o bebê, mais afetiva e intensa deve ser a interação filho-pais-mestre, pois o afeto e o amor são os mais importantes dos estímulos.                                                                         

1/6

Este desenvolvimento deve ser estimulado por todos os sentidos, boca, pele, olhos e ouvido para ser depositado no cérebro e no coração, e de diferentes maneiras para que todas as inteligências sejam desenvolvidas e ativadas.

Consideramos que toda criança pode aprender, que todas são capazes! Acreditamos que a habilidade se desenvolve cedo, que o ambiente propicia o crescimento, que as crianças aprendem observando, imitando, desenvolvendo seu ouvido, seus movimentos corporais ligados ao ritmo da música, da linguagem. Acreditamos que o afeto é o maior estimulante de todos os seres vivos e que o estimulo e a presença dos pais nesse processo de aprendizagem são totalmente relevantes e que o respeito e o amor dos mestres com os alunos e pais também são peças fundamentais nesse triangulo.

ALUNO

PAIS

PROFESSOR